Comemorações do Dia do Concelho

Presidente da Câmara anunciou arranque das comemorações dos 500 anos da fundação do concelho de Alvaiázere

O presidente da Câmara de Alvaiázere, Paulo Tito Morgado, revelou que as comemorações dos 500 anos da fundação do concelho de Alvaiázere, que se assinalam a 15 de maio de 2014, arrancaram no passado dia 13 de junho, Dia do Concelho. O anúncio foi feito durante as comemorações do Dia do Concelho, que se realizaram na tarde do dia 13 de junho, na Casa Municipal da Cultura de Alvaiázere.

"A comemoração do Dia do Concelho é uma data importante, uma referência que marca a nossa identidade enquanto concelho e enquanto povo", considerou Paulo Morgado, acrescentando que "este ano, comemoramos esta data de uma forma muito especial porque estamos a chegar aos 500 anos da fundação deste concelho".

"Eu considero que arranca hoje as comemorações destes 500 anos, que têm a ver com a atribuição do segundo foral a Alvaiázere por D. Manuel I, em 15 de maio de 1514", anunciou o autarca. "Portanto no dia 15 de maio do próximo ano, o segundo foral de Alvaiázere fará 500 anos", por isso "considero ser este dia o primeiro de um marco simbólico de uma comemoração tão importante para o nosso território".

Para Paulo Tito Morgado, "a melhor maneira de honrar todos aqueles que ao longo destes 500 anos tiveram à frente dos destinos do nosso concelho é não nos envergonharmos de tudo aquilo que fizemos e estamos a fazer no presente, de forma a deixarmos um legado a quem nos vier a suceder no futuro".

Durante a cerimónia de comemoração do Dia do Concelho, o presidente da Câmara de Alvaiázere recordou alguns dos investimentos desenvolvidos no concelho durante os quase oito anos da sua governação, argumentando que "não há nenhuma freguesia do concelho onde não se esteja a intervir a passos largos para melhorar as condições de vida dos nossos munícipes". Paulo Tito Morgado lembrou alguns investimentos feitos nas áreas da educação, do desporto, do ambiente, da reabilitação urbana, da toponímia, das acessibilidades rodoviárias e do turismo, para mostrar aos presentes que "existe no concelho muita capacidade para fazer bem e para ombrear aquilo que de melhor se faz em toda esta região".

Olhando para os concelhos que rodeiam Alvaiázere, "não encontro à nossa volta, e podia não me cingir apenas aos concelhos que pegam com Alvaiázere, nenhum concelho com a dinâmica de investimento público que atualmente carateriza o nosso concelho de Alvaiázere", salientou o edil alvaiazerense.

Paulo Tito Morgado aproveitou ainda esta cerimónia para anunciar que "as urbanizações, fruto do grande investimento que temos vindo a fazer ao longo dos últimos anos, vão começar a surgir dentro em breve, nomeadamente em Alvaiázere ao lado da Escola de Condução, no Casal Novo e ao pé do Centro Escolar de Maçãs de D. Maria". "Em breve, a Câmara Municipal vai colocar lotes de terrenos estruturados à disposição dos mais jovens que aqui se queiram instalar, vendendo-os a preços muito módicos de forma a apoiar, não só mas também desta forma, a fixação de jovens neste território".

"Tenho a consciência muito clara e muito firme, e todos vocês também sabem, que o atual Plano Diretor Municipal (PDM) tem erros graves, tem limitações fortíssimas e tem condicionantes ao desenvolvimento deste concelho", revelou o autarca, que considera que "a alteração do PDM é uma causa fundamental para o desenvolvimento do nosso território e para o progresso da nossa gente". "Ao longo destes quase oito anos de governação tenho tentado trazer para Alvaiázere tantos investimentos ao nível agrícola, pecuário, de turismo, etc. e não consigo devido a seríssimas limitações em matéria de PDM", por isso Paulo Tito Morgado garantiu que, "apesar das vozes críticas tentarem inviabilizar importantes alterações ao PDM que estamos a fazer, mais uma vez não vou dar aperto às balas como fiz nos casos do IC3, do parque eólico e como fiz com tantos outros investimentos que tenho conseguido trazer aqui para Alvaiázere".

O presidente da Assembleia Municipal, Álvaro Pinto Simões, reconheceu o "bom trabalho" que Paulo Morgado está a fazer e revelou que "tenho um grande orgulho de ter deixado a substituir-me um homem com o caráter, a dignidade e essencialmente o espírito de trabalho que Paulo Tito Morgado tem revelado nestes últimos anos que tem estado à frente da Câmara Municipal". Álvaro Pinto Simões afirmou que "sou 100% contra a legislação que impede que um autarca não pode estar à frente dos destinos dos nossos concelhos mais do que três mandatos", argumentando que "se vivemos numa democracia, o povo é que decide quem quer à frente dos destinos dos nossos concelhos". Consciente que, "depois do próximo mandato, temos de pensar noutro autarca", o presidente da Assembleia Municipal espera que o candidato a ocupar o lugar de Paulo Morgado "tenha o mesmo espírito, a mesma dignidade e essencialmente faça um trabalho digno em prol do nosso concelho".

José Mendes de Carvalho homenageado e condecorado com Medalha de Mérito Municipal

José Mendes de Carvalho foi o "ilustre alvaiazerense" que este ano foi homenageado e condecorado com Medalha de Mérito Municipal. No final das comemorações do Dia do Concelho, os familiares deste "homem tão grande" subiram ao palco para receber das mãos do presidente da Assembleia Municipal de Alvaiázere a Medalha de Mérito Municipal.

A Câmara Municipal de Alvaiázere pretende homenagear "alvaiazerenses que marcaram de forma inolvidável a história do nosso concelho". Fá-lo homenageando "alternadamente em cada ano, alguém já falecido ou alguém que ainda está entre nós". Este ano foi homenageado um ilustre alvaiazerense já falecido: José Mendes de Carvalho.

"José Mendes de Carvalho foi um homem que viveu a vida toda a conquistar um património e que antes de partir teve a coragem, a ousadia e a determinação de deixar toda essa obra grandiosa conquistada ao longo de toda uma vida de trabalho à comunidade". Foi desta forma que o presidente da Câmara de Alvaiázere apresentou este "ilustre alvaiazerense", que deixou um vasto património arquitetónico à comunidade.

José Mendes de Carvalho construiu a Capela da Loureira, a Escola Primária da Loureira e a residência para professores anexa à escola. Além disso, este "ilustre alvaiazerense" construiu e doou à Santa Casa da Misericórdia de Alvaiázere o Lar, o Cineteatro, a Creche de Santa Cecília, o Hospital e Maternidade de Alvaiázere, bem como alguns prédios em Lisboa.

De acordo com Paulo Tito Morgado, "este foi o epílogo de uma série de homenagens a pessoas que se têm destacado de uma forma muito nobre e altruísta e que ao longo da sua vida muito têm contribuído para o engrandecimento de Alvaiázere".

Álvaro Pinto Simões enalteceu a iniciativa do executivo camarário de "homenagear no Dia do Concelho pessoas que muito contribuíram para o desenvolvimento do concelho", adiantando que "têm sabido escolher escrupulosamente, um a um, as pessoas que realmente devem ser homenageadas, que deram um contributo sério à história da nossa terra".

Durante as cerimónias de comemoração do Dia do Concelho foram ainda entregues medalhas colaboradores que completaram este ano 25 anos de serviço público municipal.

Além disso, o município atribuiu igualmente a Medalha do Concelho à Pescanova Portugal por se ter associado à organização do evento Alvaiázere Capital do Chícharo 2012, apoiando e patrocinando o certame.

Carina Gonçalves